30 de novembro de 2007

Lei 10.639 - Debate

Com significativa participação de Diretores, professores, agentes culturais e pesquisadores, teve prosseguimento na 2ª. Feira, dia 20 de novembro, a Mostra de Trabalhos da Associação de Capoeira Lenço de Seda/CECAB. O lançamento do Projeto “Resgate de Memória Oral” que pretende fazer o levantamento de experiências pedagógico-culturais já há muito praticadas e testadas ocorreu com um debate entre educadores e agentes culturais durante a noite, dando início ao processo de documentação das experiências afro-brasileiras já levadas a efeito na região.
A implantação da lei 10.639, que torna obrigatório o ensino sobre Histõria e Cultura Afro-Brasileira nos estabelecimentos de ensino fundamental e médio, oficiais e particulares, tem feito crescer o interesse dos educadores por instrumentos, bibliografias, metodologias e dinâmicas capazes de dar conseqüência aos objetivos da lei, ao mesmo tempo em que preserva a essência das manifestações culturais promovendo um diálogo de diferentes universos. O propósito é levar a efeito a estruturação de uma pedagogia assentada em nossas raízes culturais a serviço da formação completa dos cidadãos brasileiros.
A necessidade de promover de maneira conseqüente a preservação cultural ao mesmo tempo em que implementa as ações pedagógicas propostas pelo Estado foi a tônica do Seminário e a preocupação consensual entre os agentes culturais, educadores e pesquisadores presentes. Experiências já levadas a efeito há mais de duas décadas foram objetos de interesse e atenção científicas fazendo do encontro uma grande oportunidade que, no desejo de todos, deverá ter continuidade.

28 de novembro de 2007

Semana da Cultura Afro brasileira


De 14 a 26 de novembro ocorreram as comemorações da Semana da Consciência Afro-brasileira, uma tradição da Associação de Capoeira Lenço de Seda que desenvolveu uma série de atividades voltadas para agentes culturais, educadores, entidades e comunidade em geral.

A Semana da Consciência Afro-brasileira realiza uma mostra permanente para visitação aberta com apresentação de registros, técnicas de intervenção, literatura pedagógica, trabalhos escolares, reportagens, teses acadêmicas, filmes, oficinas, painéis, e apresentação de danças, vivências e músicas que resgatam a trajetória da associação, pioneira em parcerias de intervenções pedagógicas a partir da cultura de matriz africana.

Com mais de 80 iniciativas em escolas e universidades ao longo da sua trajetória, mais da metade realizados aqui na região e mesmo no exterior, a Lenço de Seda iniciou suas intervenções em escolas a partir de 1984. Desenvolveu vários projetos, alguns de utilização dos recursos culturais afro-brasileiros em suporte a estratégias pedagógicas experimentais e a politicas públicas especificas como experiências junto a Comunidade Européia, escolas da OTAN na Sardenha e parcerias com a Universidade de Concepcion, no Chile. Em Curitiba, 1200 crianças de pré escolas compõem o projeto Pequenos Angoleiros desenvolvido pelo núcleo da Lenço de Seda no Paraná.

As comemorações deste ano privilegiaram de maneira especial as preocupações de educadores com a implantação da Lei 10.639 em vigor desde 2002 como diretriz estratégica para a educação brasileira.
Um painel com diretores e educadores que desenvolveram experiências afinadas às preocupações da lei ocorreu no dia 19, dando inicio a um projeto de pesquisa e resgate da memória oral destes agentes como registro histórico e base de referência para novas iniciativas. No dia 20, houve uma apresentação na praça com Capoeira Angola, Samba de Roda, Samba Reggae, Maculelê e Dança Afro Brasileira.

25 de novembro de 2007

24 de novembro de 2007

Mostra de Cultura

Visita dos alunos da Escola Capitão Egídio à Mostra de Cultura

9 de novembro de 2007

Projeto Sim às Diferenças


As Turmas da Fase I das Professoras Rute e Sirley experienciaram um momento de feitura do Fubá Suado , junto com a Cantineira Malu.
Após todo o processo de confecção do Fubá Suado, foi o momento de degustar esse prato que hoje não é tão comum no cardápio do brasileiro.

Cumprir a Lei 10.639 é também vivenciar um pouco de tudo feito pelo afro-descendente escravizado nesta terra. Veja mais fotos aqui.